PORTUGUÊS ENGLISH
  |  
IPDT > IPDT
IPDT

O projeto IPDT é criado em Portugal em 2003, inspirado no projeto WHATT (World Hospitality and Tourism Trends), lançado em 1993 no Reino Unido e introduzido em Portugal em 2001 pela consultora Future Trends S.A. O projeto ganha corpo através do lançamento de várias iniciativas inovadoras, a maioria das quais, co-desenvolvidas com a Future Trends, uma das entidades fundadoras do IPDT - Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo.

Desde 2003 que o IPDT vem produzindo e aportando conhecimento nas áreas do planeamento estratégico e do marketing aplicadas ao setor do Turismo, estabelecendo-se como o Laboratório de Destinos Turísticos e a entidade de referência na produção de informação para apoio à tomada de decisão neste setor. Desde a sua fundação que integra a rede WHATT, e a partir de 2009 torna-se membro afiliado da Organização Mundial de Turismo.

Mais de uma década após a sua criação, o projeto IPDT ganha um novo fôlego com a criação do IPDT CONSULTING, uma organização dedicada ao estudo das tendências e das descontinuidades emergentes que transformam o mercado global. O IPDT CONSULTING dirige a sua atividade às empresas e entidades que reconhecem a importância do conhecimento apurado das tendências internacionais e os seus impactos na estratégia e ação das organizações.

Assim, e a partir de outubro de 2015, debaixo da marca IPDT, operam o IPDT - Instituto de Turismo e o IPDT Consulting, partilhando competências e oferecendo aos clientes institucionais e empresariais, respetivamente, a abordagem, metodologia e a rede de contactos internacionais que foi sendo desenvolvida pelo IPDT desde a sua fundação.

> NETWORK
> PRÉMIOS, AFILIAÇÕES E RECONHECIMENTOS
> CONTACTOS



MAIS INFORMAÇÕES
NOTÍCIAS
PARTICIPE E HABILITE-SE A GANHAR UMA VIAGEM A MARRAQUEXE PARA DOIS
2017-11-15

Passatempo do estudo de intenções de férias dos Portugueses para o Natal e Fim-de-Ano de 2017 decorre até 28 de novembro.

TURISMO SUPEROU EXPETATIVAS NO VERÃO
2017-11-02

O verão de 2017 foi melhor em receitas, turistas e dormidas. Natal e fim-de-ano devem seguir a mesma tendência